domingo, 22 de fevereiro de 2009

Rótulo



Perturbado, louco, anestesiado, doente
Nenhuma definição lhe parece suficiente
Sonolento, louco, neurótico, suicida
Talvez todos juntos enquadrem sua vida

O mundo segue o estereotipo padrão
Mas você não se enquadra em nenhuma definição
Por isso é maníaco, retardado e demente
Mas você não é louco, só é diferente!

Ass.: Márcio Beckman de Souza

P. S.: Resolvi postar esta poesia em homenagem ao texto Rótulos são para Geléias, recentemente lido por mim no blog de uma amiga.

Assista: Clube da Luta (filme)

2 comentários:

Sophia Compeagá disse...

Oi Márcio!!!
Que legal a postagem com a poesia!!!
Sabe que eu tenho pensado nisso...
Acho que passei a vida valorizando demais os rótulos "positivos" que fui adquirindo e "colecionando"! Demorou pra descobrir que rótulo será sempre rótulo... não há positivos ou negativos!
E como vc disse "Talvez todos juntos enquadrem sua vida".
Rotular é engessar!

Que bom que está reativando o blog!
Há braço! =D

bruno nobru disse...

fala Marcio, sou diferente e lembro de quando cantavamos essa tua poesia, cara, o livro ta pronto, quero arrumar um pra tu, mas nao sei onde te encontro, até, nobru.